Campinas

Início >> Campinas >> Atracoes >> Atrações naturais

Mata Santa Genebra

A Reserva Florestal doada à cidade de Campinas é um resquício de Mata Atlântica composto por 660 espécies vegetais e 885 espécies animais, numa área de 251 hectares.

Ver Atração Turística

Fazenda Santa Eliza

É uma reserva florestal que abriga o centro de experiências do Instituto Agronômico de Campinas (IAC).

Ver Atração Turística

Área de Proteção Ambiental

A aprovação da lei nº 10.850, que criou a Área de Proteção Ambiental - APA Municipal, gerou mais um instrumento para a política ambiental do município.

Ver Atração Turística

Pedreira do Chapadão

A praça Ulisses Guimarães, também conhecida como antiga Pedreira do Chapadão, tem cerca de 130 mil metros quadrados.

Ver Atração Turística

Parque Linear Ribeirão das Cabras

O parque linear é o trecho que liga o centro do distrito de Sousas à Estação Ambiental do distrito de Joaquim Egídio.

Ver Atração Turística

Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim

Área da antiga fazenda Mato Dentro, depois incorporada à Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo, como Estação Experimental do Instituto Biólógico (a partir de 1937), e mais recentemente,

Ver Atração Turística

Parque Ecológico Bosque Hermógenes de Freitas Leitão Filho

Inaugurado em dezembro de 1996, o bosque possui uma área de 135 mil metros quadrados, com uma lagoa, pista para corridas e caminhadas, bancos para descanso, quiosques com churrasqueiras, mesas e ca

Ver Atração Turística

Lagoa do Taquaral

Ver Atração Turística

Lago do Café

O área do Lago do Café é remanescente da antiga sesmaria do Sr.

Ver Atração Turística

Bosque Yitzhak Rabin

Com uma área de aproximadamente 65 mil metros quadrados em desnível acentuado, o parque possui uma pista para caminhadas em torno de uma mata natural, contribuindo para o desenvolvimento de lazer e

Ver Atração Turística

Bosque Valença

Destinado ao lazer, o parque oferece um agradável contato com a natureza pela vegetação, lagos e opções de esporte.

Ver Atração Turística

Bosque São José

O bosque São José, também conhecido pelos moradores do bairro de "bosquinho" ocupa uma área de 33.600 metros quadrados, urbanizado desde 1972.

Ver Atração Turística

Bosque dos Jequitibás

O Bosque dos Jequitibás é uma das maiores e mais antigas áreas de lazer da cidade de Campinas, visitada anualmente por aproximadamente 1 milhão de pessoas.

Ver Atração Turística

Bosque dos Italianos

A área do popularmente conhecido “Bosque dos Italianos” surgiu dos planos de loteamento do Jardim Chapadão, aprovados pela municipalidade em 1927, sendo que a doação deste terreno ao município só o

Ver Atração Turística

Bosque dos Guarantãs

Possui uma área de 87.016 metros quadrados, sendo que 23 mil metros são de mata nativa.

Ver Atração Turística

Bosque dos Cambarás

Ocupando uma área de 58.300 metros quadrados, o bosque foi estruturado a partir de um fragmento de mata nativa remanescente em terreno com características arenosas.

Ver Atração Turística

Bosque dos Artistas

Localizado em uma área de 7.773 metros quadrados anexa à Sanasa no bairro Swift, o bosque surgiu como um sítio em que artistas em passagem pela cidade eram convidados a visitar.

Ver Atração Turística

Bosque dos Alemães

A área em que atualmente se encontra o “Bosque dos Alemães” foi doada à Prefeitura de Campinas em 1928 pela San Paulo Land Company Limited, nas proximidades da então “Vila Mac Hardy”.

Ver Atração Turística